5 materiais hidráulicos para não se esquecer na hora de reformar o seu banheiro!

Construir ou reforma uma casa ou um determinado cômodo não é tarefa para amadores. Isso porque uma reforma mal feita pode causar dor de cabeça no futuro e, claro, gastos extras desnecessários e inesperados.

O banheiro é um dos cômodos que mais exige atenção e cautela na hora de uma reforma, pois, muito além da estética é preciso tomar cuidado com a substituição e manutenção de materiais hidráulicos essenciais para o seu bom funcionamento.

Os materiais hidráulicos para reforma de um banheiro devem entrar na lista principal de compras e precisa ser checada e revisada por um profissional qualificado e experiente para que tudo saia como o planejado.

Se você está iniciando o planejamento de uma reforma e quer ajuda para montar ou conferir sua lista de materiais hidráulicos, vamos te ajudar nessa tarefa!

💡 Veja aqui o Guia Completo para a Reforma de Banheiro

5 materiais hidráulicos fundamentais para a reforma de um banheiro!

Quando pensamos em reformar, muitas vezes, nos vem à mente peças superficiais ou aquelas que ficam visíveis aos nossos olhos e que compõem o design do ambiente. Porém, podemos dizer que na maioria das vezes os materiais mais importantes ficam escondidos.

Reformar não é apenas redecorar um ambiente, trocar objetos de lugar ou substituir a cor das paredes. Uma reforma bem feita e planejada permite aos donos do imóvel verificar como anda a estrutura de uma casa e, assim, tornar o ambiente mais moderno e seguro.

Sendo assim, na hora de reformar o banheiro ou lavabo da sua casa inclua na lista de compras:

#1 Tubos e conexões

Tubos e conexões fazem parte do esqueleto de um projeto de reforma de banheiro. É por meio deles que a água chega até pias, vasos sanitários e chuveiros. Eles também são os responsáveis por conectar o cômodo ao esgoto.

Cada parte de um banheiro pede um encanamento diferente: chuveiro, pia, vaso sanitário, esgoto; para cada função um modelo de encanamento deve ser usado. Respeitando, sempre, limites de altura e entre o chão, registro central, registros intermediários e caixa d’água.

Preste muita atenção na hora de comprar o encanamento e seus devidos acessórios. Verifique com seu engenheiro de obra ou encanador o tamanho correto de cada peça e a quantidade necessária para que nada escape.

#2 Registro de água

Cada cômodo que exija encanamento e saída de água precisa contar com um registro d’água individual. Assim, sempre que for necessário algum reparo ou a troca de alguma peça é possível fechar o envio de água apenas para o local que demanda reparo.

Porém, além do registro geral do banheiro é importante incluir na lista registros intermediários que ficam válvula de descarga e nas torneiras de pias ou bidês. Isso facilitará na hora que for necessário trocar pequenas peças como borrachas e molas.

#3 Torneiras

Hoje as torneiras deixaram de ser itens básicos e são verdadeiras obras de artes, capazes de transformar qualquer ambiente. Escolha uma que seja adequada ao seu projeto e que componha o ambiente de maneira harmoniosa. Ao mesmo tempo, que seja capaz de deixar o dia a dia mais prático.

Considere a altura da cuba antes de escolher qual torneira levar para casa. Os modelos monocomandos com controle de temperatura da água estão em alta e são os mais indicados para quem deseja conforto e sofisticação.

Ah, não se esqueça de “casar” a torneira da pia com os demais registros (central de água e do chuveiro).

#4 Duchas e chuveiros

Banheiro não é banheiro sem um bom chuveiro. Há inúmeros modelos no mercado dos mais modernos aos que remetem o estilo ducha-simples-retrô com uma pegada industrial charmosa.

Escolha um chuveiro que seja eficiente, resistente e de fácil manutenção, com boa pressão d’água, controle de temperatura inteligente e que não consuma tanta energia elétrica no final do mês.

#5 Ralos

O ralo é um dos elementos mais esquecidos por quem está reformando um banheiro. Ele faz parte da lista de materiais hidráulicos e tem um papel importante, pois, além de escoar a água utilizada ele também ajuda no controle de insetos presentes em esgotos.

Ralos inteligentes que são acionados com um simples pisar de pés são os mais recomendados. Primeiro porque quando ninguém estiver usando o box eles ficam fechados. Segundo porque evitam que objetos pequenos ou mesmo cabelos sejam escoados junto com a água – principais causas de entupimento de tubulações.

As quantidades, tamanhos e eventuais itens extras podem variar de projeto para projeto. Um lavabo, por exemplo, pedirá menos itens que um banheiro completo com chuveiro e banheira. É preciso ficar atento às recomendações e solicitações feitas pelo profissional responsável pelo projeto.

Outro detalhe importante é quanto a qualidade dos materiais escolhidos. Procure sempre por peças de marcas reconhecidas e de boa procedência. Não economize quando o assunto for materiais hidráulicos. Nesse caso, o velho ditado que diz: “o barato sai caro”, pode se tornar realidade.

E, então, agora que você já tem todas as dicas e a lista com os principais materiais hidráulicos que não podem ser esquecidos na hora da reforma do banheiro, já está mais confiante e sabe por onde começar as compras?

Não se esqueça: na Toc Casa temos tudo o que você precisa para construir e reformar o seu lar! Para receber mais dicas como essa, assine nossa Newsletter e siga nossas redes sociais!

Tags: ,